Miley: Bem vinda ao programa.

Anitta: Ashley!

Miley: A colaboração da Ashley O e da Anitta tem que acontecer o mais rápido possível.

Anitta: Meu Deus, Ashley. Eu preciso de uma Ashley Too na minha casa.

Miley: Sim, você precisa. Você com certeza precisa. Então, eu tô muito feliz de te ver porque os nossos fãs estão enlouquecidos com nós duas nos conectando. Eles estão loucos, é incrível. Então, eu ouvi que foi seu aniversario segunda-feira.

Anitta: Sim, foi. Foi meu aniversário na segunda e eu não fiz nada.

Miley: Pois é, eu tava pensando sobre isso. Um monte de gente vai passar por essa experiência. Como foi celebrar seu aniversário meio que sem celebrar, ja que você tem que ficar dentro de casa?

Anitta: Foi muito triste. Eu fiquei muito triste. Porque tipo, eu sou uma pessoa que gosta de festa, sabe?

Miley: Eu também!

Anitta: Todo ano no meu aniversário eu faço uma festa gigante pra tipo quinhentas pessoas, com apresentações ao vivo e tudo, e esse ano eu tive que cancelar tudo então eu fiquei muito chateada. Eu tava tipo, meu Deus! Pois é, meu aniversário foi meu triste.

Miley: Como você lidou com essas emoções? Quais truques você usou pra lidar com isso?

Anitta: Eu fiquei bêbada.

Miley: SIM! Sozinha?

Anitta: Não, com meu namorado. Ele ta aqui comigo. Então, eu fiquei bêbada, comi um bolo gigante. É isso, fiquei bêbada e comi para caramba. Um monte de comida.

Miley: Então, eu ouvi falar que você é muito boa na cozinha. Me diz um prato que é tipo, tradicional, e que você acha que eu nunca provei e que é muito bom?

Anitta: Então, eu tento me manter vegana. Não 100%, porque as vezes eu consigo mas as vezes eu dou uma fugida. Mas eu tento sempre me manter vegana. Então, a comida brasileira que eu mais amo aqui se chama feijoada. É feijão preto, não cubanos e nem mexicanos, é feijão preto brasileiro. É tipo uma sopa disso, e as pessoas usam porco nela. Mas eu gosto de fazer a vegana, que é com tofu e é muito gostosa.

Miley: Parece muito gostoso. Então, eu ja fiz alguns shows no Brasil, e eu amo o país. Eu também amo festejar, e dançar, e enlouquecer, e a multidão também gostava. Na verdade, eu acredito que o ultimo show que eu fiz no Brasil estava meio que chovendo. Tava super ensolarado de manhã nas praias, mas na hora tava chovendo.

Anitta: Eu sei, eu tava la. Foi em São Paulo.

Miley: E eu tava tipo, ninguém vai vir pro meu show, ninguem vai aparecer. Mas eles não estavam nem aí. Parecia que nem tava chovendo. Foi muito legal.

Anitta: Foi enorme. Eu estava lá. No outro dia eu acho que você foi pro Rio, né? Foi incrível. E, tipo, mesmo chovendo a galera estava dançando. Os brasileiros são todos assim, a gente não gosta de perder uma festa. É o jeito brasileiro de ser. Algumas semanas atrás a gente tava tendo o carnaval. A gente é um povo que gosta de festa, gosta de celebrar. Esse momento ta sendo difícil pra nós e pra todo mundo.

Miley: Eu tenho uma pergunta sobre isso. Porque assim como a maioria do mundo, o Brasil ta sendo muito atingido por essa pandemia. E a gente ta vendo ativistas locais que ja estão tomando a frente e tentando organizar e preparar as comunidades locais. Você tem alguma mensagem de como se manter positivo nesses tempos escuros? Eu também acho que é muito importante de pedir para as pessoas ficarem em suas casas quando e se puderem para se protegerem.

Anitta: Sim. No inicio o que eu tentei fazer, porque eu tava sentindo como se eu fosse entrar em pânico a qualquer momento, porque tipo, um monte de tempo sem fazer nada, um monte de tempo sem produzir, e eu sou o tipo de pessoa que gosta de viajar muito, de trabalhar muito. Então, eu comecei a marcar umas lives tipo, sessão de cozinha, exercícios, aulas de francês, mas depois de uns dez dias eu comecei a ficar muito triste com essa ideia de não poder sair. Agora eu tô começando a melhorar. Eu acho que era mais pelo meu aniversário longe de todo mundo. Então eu cancelei as lives, mas agora eu acho que eu vou juntar minhas forças novamente pra retornar. Eu acho que são momentos, sabe? As vezes você tá incrivel, mas as vezes você tá tipo, meu Deus eu preciso sair.

Miley: Eu tive esse dia ontem. Eu tava totalmente bem, estava fazendo esse programa, me divertindo. Hoje eu pensei, eu vou ser a Ashley O hoje, me divertir, é 1° de abril e tal. Mas eu amo fazer pegadinhas e eu amo 1° de abril. Eu to tipo, sozinha. Não tem ninguem pra mim fazer minhas pegadinhas que eu tanto amo, entao agora a pouco eu fui falar com meu namorado vestida de Ashley O, porque ele nunca viu a Ashley O antes, e tipo.. a Ashley O pode ser uma garota maluquinha, sabe? (risos). Então, você foi recentemente apontada pela Forbes como a mulher mais poderosa do Brasil. Como isso te faz sentir, sabendo de onde você veio, e como sua vida tem mudado?

Anitta: Então, eu vim de um lugar que… eu nao sei se você é familiar com o que é uma favela no Brasil. É um lugar muito humilde do Brasil, e eu vim de um lugar como esse, e minha vida era muito diferente. Esse foi na verdade um dos motivos que eu estava triste no meu aniversário, porque eu nunca tive nenhuma festa de aniversário até eu me tornar cantora, porque aí eu comecei a ter dinheiro pra fazer festa e tal. Então eu fiquei muito triste porque durante toda minha infância e juventude eu não tive nenhuma acesso a tipo, nada, e então eu comecei a cantar nas favelas, cantar em lugares pequenos no Rio, depois em lugares maiores, e aí eu consegui sentir minha vida mudando. Foi incrível. Eu tinha tipo 20 anos de idade e comecei a gerenciar minha carreira com meu irmão. A gente abriu uma empresa e nos tornamos parceiros até hoje. Então, minha vida toda, minha familia, meus amigos, mudaram, e isso é incrível.

Miley: Isso é louco. Porque eu venho de cidade pequena em NashVille, mas eu nasci e cresci na indústria. Meu pai estava sempre cantando, eu estava nos ônibus de turnê e acompanhando as turnês antes de eu pelo menos conseguir andar. Eu engatinhava, fugia da babá, e minha coisa preferida de fazer era tipo… garotas costumavam jogar sutiãs e calcinhas no meu pai, e eu ia lá, pegava as maiores, amarrava na minha cabeça, transformava em uns scarfs de cabeça, então tipo, eu estava sempre nessas turnês, então eu meio que nao conseguia me imaginar crescendo fora da industria. Então, eu acho incrivel que voce é Self-Made, e que é tipo, um negocio de família, porque a gente também é. Minha mãe é minha manager, eu ja fiz turnê com meu irmão, eu fiz um programa com meu pai por 10 anos, nós meio que sempre fomos um negócio de família, e é legal ver que vocês tambem são.

Anitta: Sim, eu e meu irmão , que eu to morrendo de saudade porqur faz tempo que eu nao vejo ele, abrimos uma empresa juntos sem saber nada sobre negócios. Ele ficava tipo “Como a gente vai fazer isso sem saber de nada?” “A gente nao tem nenhuma experiência”, eu ficava tipo, a gente vai aprender tudo por conta própria. Vamo lá. E hoje ele é um profissional maravilhoso. E eu me sinto melhor quando nós estamos em familia, porque essa vida na industria foi muito diferente pra mim, porque eu nasci na minha familia que é tipo, 15 pessoas, mas a gente é muito proximo. E agora eu tenho tipo todo mundo ao meu redor, mas quando eu chego no hotel eu estou sozinha. Então, isso foi algo que eu tive que aprender a me adaptar. Mas agora eles andam comigo, eles meio que ficam alternando, um dia minha mãe vem, no outro meu irmão, meu pai. Nesse momento agora eu fiquei mais triste por isso, porque eu não posso ver eles. Mas quando eu tô viajando em turnê, eles sempre vão comigo.

Miley: A gente faz a mesma coisa aqui. Alguem ta sempre por perto. Até minha avó. Minha avó é quem comanda meu fanclube, ela que assina todas as coisinhas e tipo, isso mantém ela jovem, porque ela recebe todas essas cartas e tal, mas se alguem mandar uma foto minha que ela gosta muito, ela fica pra ele e manda fazer um quadro. Ela não envia de volta. As vezes ela fica com todas as minhas fotos.

Anitta: Tem uma tia minha que costumava ligar pras radios todos os dias pra pedir minhas musicas. Quando eu tava começando, ela costumava ligar prad radios fazendo vozes diferentes e dizer “Ei, eu sou fã da Anitta e quero tal musica”.

Miley: Invés de termos uma fanclube, a gente tem um fam(ilia)clube.

Anitta: Sim. E se a rádio nao tocasse a musica, ela ligava de volta e perguntava “Eu pedi Anitta há 30 minutos, cadê a musica?”. Ela era obcecada.

Miley: Entao, falando da sua musica. Ryan Tedder, que estava no Bright Minded uns dias atrás está produzindo seu novo album. Ele é um amigo muito proximo, e também está trabalhando no meu album, nós estamos colaborando. Então, como o seu novo album está soando, e como está sendo trabalhar com o Ryan Tedder?

Anitta: Cara, eu amo o Ryan. Para mim foi uma surpresa. Eu nunca pensei que ele fosse produzir meu album inteiro. Ele está tipo, dirigindo tudo pra mim, e é um prazer porque eu aprendo muito com ele, e nós somos práticos no modo de trabalhar. Eu entro no estudio com ele e é tudo rapido, a gente consegue uma musica tipo “pa pa pa”. A gente tem uma quimica nisso, porque eu odeio perder tempo. Quando a gente vai pro estusio nós nao ficamos tipo, só relaxando e tal, a gente ta fazendo as coisas, deixando as coisas prontas. Meu manager, Brandon, que apresentou a gente e eu amei ele e comecei a procurar mais coisas dele como compositor e produtor, por que eu nao conhecia muito antes. Entao eu me apaixonei. A gente ta misturando um monte de sons do Brasil com a cultura americana. Então, cada musica a gente adiciona um pouco tempero brasileiro, sabe? E todos os meus fãs estão loucos pra saber o que estar por vir. A gente ia cantar no Coachella, no palco principal. Estavamos super ansioso pra lançar musica, mas agora nesse momento estamos esperando porque esse periodo no mundo ta sendo meio complicado pra lançar coisas, porquê é um momento muito importante.

Miley: Eu to me sentindo do mesmo jeito porque meus fãs tambem tão obcecados. Eu to vendo eles agora tipo “cadê o novo album?”. Eles estão todos doidos por um pedacinho de uma musica para enlouquecerem. Mas minha música é sobre comunidade, “club culture”, ficar juntos, ouvir o album na mesma hora, ficar suado, dançar, compartilhar bebidas. É sobre comunidade, conexão, então lançar nesse momento onde as pessoas não podem se conectar, e nao podem.. tipo, mesmo se for em sua casa fazendo uma “listening party”, você quer que as pessoas escutem o album, mas eles estao todos sozinhos nos seus quartos.

Anitta: Eu me sinto do mesmo jeito. E eu acho que o tipo de musica que a gente ta fazendo é tipo com essa vibe. Ficar junto, dancar junto, tipo, fazer festa. E isso foi o que eu senti. A gente tinha todas essas coisas prontas para serem lançadas antes do Coachella, e a gente mudou tudo, pensando que isso é um momento diferente. A gente tem que esperar e ver como o mundo irá reagir e como tudo vai ficar, e então a gente pode começar a planejar tudo de novo. Ocorreu essa decisão, mas, falando do Ryan, a gente fez um monte de musica boa. Tipo, coisas culturais pro Brasil, todo tipo de musica misturando ritmos brasileiros que as pessoas vao começar a conhecer.

Miley: Isso é muito incrível. E sabe, se manter verdadeiro com quem você é, é algo que eu fiz quando eu gravei o Bangerz. Eu fui um outro personagem por tanto tempo, coisa que eu nao consigo parar de fazer, criar esses personagens diferentes, mas.. tipo, depois de ser a Hannah Montana por tanto tempo, o proximo album que eu fiz foi o Bangerz. E eu estava sendo alguem que eu não ers por tanto tempo que eu tava pronta para ser o maximo de mim mesma que eu pudesse ser. E eu não poderia fazer isso sem ter influências country no album, mesmo não sendo tudo que eu estava ouvindo, eu estava… eu sempre estou ouvindo britney, mas eu to dizendo tipo, eu tava ouvindo pop da britney, e ouvindo o que o Mike-Will estava fazendo na época, o Juicy J, o Swae Lee, eu tava ouvindo tudo isso, mas eu nao poderia abandonar a musica country que é o que está no meu sangue. E então quando voce reinventa um som, tipo, eu posso honrar e respeitar minhas origens mas eu posso reinventar, para atravessar barreiras, mares, países e pode realmente ir além da sua cultura, de onde você é. E, tipo, outros artistas tambem vão se inspirar. Você vai ver um pouco de tempero brasileiro em algo de outro artista que nunca seria inspirado por isso, mas ele ama sua musica e então.. eu acho incrivel que musica não ta nem aí para limites. Eu acho muito importante que você sempre leve suas raizes pra qualquer lugar que você for, porque isso é o que é muito importante pra mim também.

Anitta: E eu amo que você tem momentos. Eu amo essa ideia de mudança, mudando a si próprio, reinventar a si próprio. Eu amo isso. Tipo, quando você vê uma carreira que se pode ficar curioso de novo sobre “como ela vai aparecer?” “Como vai ser a proxima coisa?”, porque você ta sempre se recriando, e eu amo isso e é algo que eu realmente me importo em fazer. E agora com esse album com o Ryan, ele foi incrivel e humilde porque ele aprendeu sobre a cultura brasileira comigo. Isso foi perfeito, sabe? Ele foi muito humilde, pesquisando comigo sobre a cultura, entendo as coisas brasileiras. Tipo, até as coisas do “gueto”, as coisas simples, e se conectando com pessoas brasileiras que também fazem musica. Ele foi… ele é perfeito. Eu to apaixonada, e to muito ansiosa para tudo isso acabar logo pra gente poder lançar as musicas.

Miley: Sim, eu concordo. Eu amo o Ryan e ele tem feito o mesmo comigo, e tipo, mesmo se for só eu falando pra ele minha historia dos ultimos dois anos. Eu tive um monte de coisas acontecendo. Ano passado eu tava filmando Black Mirror, quando eu perdi minha casa pros fogos em Malibu.

Anitta: Eu soube disso.

Miley: E agora isso acontecendo. Tem acontecido muitas coisas, tipo, términos, perdas, e mesmo que eu passe dois dias com o ryan só vomitando minha história, é a gente tendo ideias para musicas. Uma vez a gente tava conversando uma vez e ele tava tipo “você ta falando títulos de musicas”. Tem muitas coisas, e a gente escreve os títulos e vamos por toda a história até que a gente conte aquela história através da música. Então, ele é simplesmente O melhor.

Anitta: E nós tambem misturamos com o tempero latino também, porque algumas pessoas se confundem porque o Brasil fala português, e o resto dos latinos dos outros paises falam espanhol. Então as vezes as pessoas pensam que é a mesma cultura, mas é muito diferente. Então, eu também falo espanhol. Eu falo portugues, espanhol e inglês. Entao, quando são os versos espanhois que eu componho ele sempre confia no que eu estou escrevendo, e quando ele compõe em inglês eu confio no que ele escreve. É muito massa. Eu amo essa parte de criação.

Miley: Isso é incrivel. Quero ouvir sua nova musica antes da gente desligar. Eu vou ter o Diplo aqui mais tarde, então eu quero tocar a musica de voces. Entao, tem algo que você quer falar diretamente aos seus fãs que estão assistindo. A gente tem muita gente assistindo agora. Quer falar alguma coisa para os seus fãs que estão esperando sua musica, e como eles podem se manter seguros nesse periodo?

Anitta: Eu vou falar um pouco de espanhol, porque ta todo mundo aqui pedindo pra eu falar em espanhol. Hola […] E para todos os fãs, muito obrigado pelo amor e pela bondande comigo e com meu aniversário e que estao também esperando pelo projeto. Eu estou tao ansiosa quanto vocês, e eu acho que todos os artistas estao esperando agora. Ah, esse é meu cachorro (risos).

Miley: A gente ta todo mundo sentando na linha de partida preparados pra lançar nossas gravações, e a gente ta só sentando tipo, deixem a gente lancar essas musicas. Então, estamos todos no mesmo barco.

Anitta: No meu aniversário quando eu fiquei bêbada sozinha, eu comecei a tocar minhas musicas novas e tipo, fiquei ouvindo e me divertindo sozinha. Tipo, meu Deus eu quero que as pessoas escutem isso!

Miley: Eles vao se divertir muito. Muito obrigado por participar do programa.

Anitta: Ryan! O Ryan ta aqui! Obrigada Ryan. Diplo, eu te amo também.

Miley: Obrigado Ryan.

Postado por
• • • •
LEIA TAMBÉM!

 
error: Content is protected !!
Visite nossa galeria de fotos
gettyimages-1062169486-1024x1024.jpg
gettyimages-1062169464-1024x1024.jpg
gettyimages-1062169434-1024x1024.jpg
gettyimages-1062169364-1024x1024.jpg
gettyimages-1062169108-1024x1024.jpg
gettyimages-1062169104-1024x1024.jpg
87229933_adbr-037.jpg
87229889_adbr-022.jpg
87229956_adbr-042.jpg
87229951_adbr-041.jpg
layout criado por lannie.design e codificado por Gabriela Gomes - Todos os direitos ao anitta daily